Apple na direção de um CarPlay mais completo

Apple na direção de um CarPlay mais completo

O ecossistema Apple continua a crescer e desenvolver-se. Estará a chegar a vez do CarPlay?

Gonçalo Antunes de Oliveira
∙ 3 minutos de leitura

Já todos sabemos quão extraordinário é o Ecossistema Apple. Supondo que conseguiríamos obter o pleno no que respeita à detenção de todos os dispositivos e serviços que o compõem (seria óptimo!), a experiência de ter a Siri constantemente ao nosso lado no dia a dia é um deleite.

E não falo só da Siri, que ainda tem um gigantesco caminho a percorrer. Refiro-me aos sistemas operativos, cada vez mais específicos e direcionados para otimizar o melhor possível o que cada aparelho tem para nos dar.

Portanto, chego a casa e o HomePod trata-me das luzes e dos restantes apetrechos da casa. Se quiser ver uma série ou apenas televisão (mas não na Vodafone), é só pedir à Apple TV. O que não me apetece fazer no iPhone por ter em ecrã pequeno, recorro ao iPad. E ainda assim, se este não for suficiente, já está o portentoso e confiável Mac. Perdi as chaves? Pergunto a qualquer um destes dispositivos, graças ao AirTag.

Então e quando ando na rua? AirPods e vamos embora. Coloco no modo transparência para não ficar alheado do mundo, mas sempre ligado. Posso estar a ouvir música enquanto ando de skate ou de trotinete. Não há problema. Caso haja uma chamada ou uma mensagem, a Siri baixa o som e avisa-me, perguntando-me se quero atender ou responder à mensagem. Sem tocar num único botão.

Fonte: Geek Culture
Fonte: Geek Culture

Mas... e justamente porque não há um autorrádio da Apple (pois devia haver!), o CarPlay é o parente pobre. Menos falado e apagado da memória. Embora o CarPlay e a sua concorrência integrem (de série ou como opção) os pacotes de Infotaiment dos carros novos, para quem ainda não o tem, pode sempre comprar um autorrádio compatível com este sistema.

Ainda assim, aquela coisa de ter que ligar o cabo lightning ao rádio não é nada agradável. Para este efeito, há soluções baratas através de um pequeno aparelho que se liga à entrada USB e permite emparelhar o iPhone. Outras mais caras, traduzidas em autorrádios de gamas mais altas, em cujas características base a ligação Wireless está incluída.

Para quem tem o CarPlay a coisa é muito simples: chega-se ao carro e o iPhone é espelhado no ecrã do autorrádio, limitado às apps que, em princípio, não nos irão distraír ao ponto de batermos na traseira do autocarro que está parado à nossa frente.

Fonte: Porsche
Fonte: Porsche

Na verdade, é mais uma excelente experiência da extensão do Ecossistema para dentro do nosso automóvel, pautada pela estética, funcionalidade e rapidez a que estamos habituados nos restantes contextos da nossa vida. Se a Apple TV "smartifica" as nossas televisões, o CarPlay faz o mesmo com os nossos carros, lá está, como disse acima, otimizando o melhor possível o que eles têm para nos dar.

Mas a Apple é a Apple. Sempre irrequieta com o desejo de inovar e levar as coisas vários passos em frente, constam rumores que é a vez do CarPlay. De acordo com Mark Gurman, a empresa da maçã está a trabalhar no sentido de expandir as capacidades deste sistema, o que incluirá:

  • Leituras da temperatura interna e externa, bem como da humidade;
  • Leituras de temperaturas do óleo, líquido de refrigeração, ventoinhas, entre outros;
  • Configuração do sistema de som (equalizadores, fade, balanço, etc.);
  • Ajustes dos bancos;
  • Leitura de velocidade e nível de combustível.
Fonte: Apple
Fonte: Apple

Ou seja, na prática, como a grande maioria dos automóveis já possui uma entrada que dá acesso aos sistemas computarizados que tudo controlam, a Apple pretende estabelecer uma ponte que dê acesso à leitura e controlo dos instrumentos e funcionalidades básicas do dia a dia, mas com toda a elegância e inteligibilidade do seu sistema operativo.

O facto é que esta poderá ser uma porta para todo um novo mercado de aplicações de terceiros, que não apenas gerará (mais) uma gigantesca fonte de lucro, como tornará as nossas vidas muito mais interessantes dentro dos nossos bólides, conseguindo ainda estender e desenvolver o ecossistema.

Eu estou entusiasmado com este rumor, e espero que se concretize num futuro próximo! E tu? O que achas desta possibilidade?

A tua subscrição no iFeed foi efetuada com sucesso.
Bem-vindo de volta! Iniciaste sessão com sucesso.
Perfeito! O teu registo foi concluído com sucesso.
O teu link expirou
Parabéns! Verifica o teu e-mail e utiliza o link para iniciar sessão.