Mac mini com processador Intel desapareceu de vez

A Apple deu mais um passo rumo à transição total da sua gama para Apple Silicon.
Escrito por Pedro Alves e
1 min de leitura
Mac mini com processador Intel desapareceu de vez
Publicidade
Publicidade

Finalmente, a Apple decidiu remover de uma vez por todas o Mac mini com processador Intel que, inexplicavelmente, persistia em permanecer na gama. Com ele, o mais pequeno computador da maçã equipado com M1 também chegou ao fim do seu ciclo de venda, sendo que ambas as variantes foram substituídas pelas novas versões com chips M2 e M2 Pro.

Até então, o Mac mini mais caro que se podia comprar ainda era equipado com processador Intel, com um preço claramente desajustado face àquilo que a máquina em questão tinha para oferecer ao consumidor final. Apesar desta incoerência, esta nódoa na transição total da gama Mac para Apple Silicon foi passando entre os pingos da chuva, até que agora deu lugar a uma muito melhor variante com M2 Pro, 16 GB de memória unificada e 512 GB de armazenamento, que juntamente com a versão de entrada com M2, 8 GB de memória unificada e 256 GB de armazenamento, tornam a linhagem do Mac mini muito mais interessante do que nunca.

Mas, ao falarmos em computadores Mac com Intel, temos de falar obrigatoriamente no Mac Pro, que resiste à passagem do tempo, e por passagem do tempo leia-se transição total da gama para Apple Silicon, e continua a manter-se unicamente com versões equipadas pela, agora, empresa concorrente da Apple...

O novo Mac mini pode ser reservado desde já, com entregas previstas para dia 24 de janeiro.

Partilhar artigo